Instituto Brasil Solidário
Instituto Brasil Solidário
English Version Site em Português Nossas fotos no Flickr Siga-nos no Twitter Curta nossa página no Facebook
Área Restrita Área Restrita
Como Ajudar
30/04/2018

Teatro de bonecos, oficina de rádio escolar, atividades dinâmicas de incentivo à leitura e educação ambiental marcam a segunda etapa de oficinas do Projeto Ventos que Transformam

“Dando continuidade ao plano de formação do Projeto Ventos que transformam, da Echoenergia com realização do Instituto Brasil Solidário, as oficinas práticas em Tianguá e Ubajara, seguem para segunda etapa no mês de maio”

Integrando atividades artísticas, culturais e de tecnologias sustentáveis para instalação dentro dos próprios espaços escolares, o Projeto Ventos que Transformam, da Echoenergia com realização do Instituto Brasil Solidário, retorna com a jornada de oficinas em Tianguá e Ubajara, nos próximos dias 14 até 21 de maio, trazendo mais atividades de educação ambiental e incentivo à leitura, com metodologias práticas, replicáveis e de integração da escola, gestão pública e toda a comunidade.

Com inscrições abertas para técnicos das Secretarias de Educação, professores, estudantes e coordenadores pedagógicos dos dois municípios, as ações terão início no dia 14 de maio, levando para a abertura um Seminário de Leitura, que será realizado no município de Ubajara/CE. Para as oficinas práticas, assim como na primeira etapa, o calendário de formações foi dividido em dois momentos, sendo o primeiro entre os dias 15 e 17 de maio, na Escola Família Agrícola de Ensino Fundamental Antônia Suzete de Olivindo da Silva, em Valparaíso e, nos dias 18 até 21 de maio, na Escola Humberto Ribeiro Lima, em Ubajara/CE.

A semana marca também o encerramento da capacitação de Guias para o Parque Nacional de Ubajara, agendado para o dia 14 de maio, com a turma participando de uma ação em campo e colocando em prática todo o aprendizado visto em sala de aula e que trará com produto um guia impresso de trilhas e dicas para um turismo sustentável, que será doado ao parque! A atividade será realizada dentro do próprio Parque numa grande trilha da Gruta até a Caverna, oportunizando aos alunos um contato direto com situações reais na condução aos visitantes e turistas que estão sempre ansiosos para verem de perto as belezas naturais da Serra, e contam com um passeio seguro e com muitas informações do local visitado.

Já nas escolas, a expectativa é de mais uma semana intensa de muita produção e criatividade, considerando o potencial encontrado na primeira maratona de oficinas! Durante a primeira etapa, foi possível acompanhar a construção de vários espaços literários, a instalação de uma rádio escolar já em funcionamento, com vinhetas e locução dos próprios alunos, e muitos cantinhos destinados para as diversas alternativas sustentáveis e de energia limpa construídas em sala, como os chuveiros e lâmpadas solares inseridos dentro da escola. A segunda etapa de oficinas, reserva ainda mais atividades práticas, lúdicas e de participação de toda a comunidade escolar.

Nesta edição, os mais de 400 educadores e alunos das escolas de Tianguá e Ubajara, que já participaram das atividades iniciadas em abril, poderão ver de perto a construção de uma maquete de casa sustentável, utilizando os conceitos de Bioconstrução, uma Oficina de Teatro de Bonecos e Marionete, que permite a construção dos personagens ainda em sala de aula, com materiais reciclados e reaproveitados na própria comunidade, além de atividades sobre mediação de leitura e contação de histórias, aproveitando os espaços literários construídos na primeira etapa de formações, com muitas cores, formas e criatividade dos alunos e educadores das oficinas.

Segundo o Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luis Salvatore, as ações buscaram agregar todo o potencial já existente na região, com soluções simples, didáticas e dinâmicas e que podem ser incorporadas de forma interdisciplinar no trabalho pedagógico da escola. “A primeira etapa já nos mostrou como temos aqui muitos educadores com sede de conhecimento, com motivação para replicar as ações, pois nossas ideias e sugestões pedagógicas são contextualizadas com a realidade local, são atividades que mobilizam toda a escola a refletirem sobre os cuidados com o meio ambiente, sobre a importância da leitura como ferramenta essencial de ensino, então nossa expectativa é de encerrar as atividades com muitos multiplicadores do juntos construímos, que o IBS sempre reforça nas formações que realizamos”, ressalta Luis.

Permitindo a efetivação das atividades dentro do eixo educacional de todas as escolas da região, o projeto, vem contando com a parceria da Secretaria de Educação de Tianguá e Ubajara. De acordo com a Coordenadora do Fundamental II, da Secretaria de Educação de Tianguá, Elizângela Gaspar, o projeto tem encantado não só os educadores, mas todo o núcleo gestor das escolas que estão sempre compartilhando a empolgação de participarem das atividades e de conhecerem ações simples e que podem gerar grandes mudanças no ambiente escolar.

“Estamos muito felizes com essa parceria, nós temos escutado dos educadores muitos elogios, relatando que são ideias de baixo custo com materiais reaproveitados, então é de interesse também da Secretaria levar essas ideias como ferramenta de incentivo e de mudança de conduta nas outras escolas, acreditamos muito que é possível sensibilizar outros educadores, o núcleo gestor das escolas que estão saindo das formações com uma bagagem, uma ferramenta incrível para colocar em prática e fazer a diferença dentro e fora da escola”, pontuou Elizângela.

As escolas participantes em Tianguá e Ubajara, recebem essa segunda etapa de formações com várias ações já consolidadas de transformação, principalmente, nos eixos de educação ambiental e incentivo à leitura, com doação de mudas, doação de livros, instalação de viveiros, além de equipamentos para a rádio, que ficarão como legado para a toda comunidade escolar.

 

Confira em números o impacto do projeto nas escolas participantes:

– 600 mudas doadas para arborização local;

– 02 viveiros de mudas com ferramentas e materiais para produção e arborização;

– 03 sistemas de compostagem implementados;

– 03 minhocários doados;

– 03 filtros de águas cinzas;

– 03 aquecedores de água solar;

– 03 fornos solar;

– 03 salas iluminadas com lâmpadas produzidas com garrafas PET;

– 60 adesivos de sinalização;

– Canteiros ecológicos e hortas verticais e convencionais implementadas com técnicas de reaproveitamento de materiais (recipientes ecológicos);

– 03 caixas de decomposição instaladas;

– 1000 livros doados;

– 4 estantes centrais para biblioteca doadas;

– 03 árvores literárias montadas;

– 03 espaços lúdicos para leitura implementados;

– 03 kits com 05 sequências didáticas e 11 apostilas cada;

– Material completo para catalogação de acervo literário doado para as 03 escolas;

– 03 telas para uso em teatro de sombras;

– 10 panôs decorativos;

– 48 pôsteres educativos;

– 01 rádio escolar montada e funcionando.

 

Sobre a Echoenergia

Fundada no início de 2017, a Echoenergia é uma empresa que desenvolve, implementa e opera projetos de geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis. A empresa tem sede administrativa em São Paulo e atividades operacionais distribuídas nos estados de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Bahia. Nas terras cearenses, a empresa possui as operações comerciais do Complexo Eólico Ventos de Tianguá, desde abril deste ano. Localizado na Serra da Ibiapaba, o empreendimento conta com cinco parques eólicos, 77 aerogeradores e uma capacidade instalada total de 130 MW, que cobre uma área de 9.000 hectares. O plano de ações sócio ambientais inclui várias ações nos eixos de educação e economia solidária, além do acesso hídrico.

 

Instituto Brasil Solidário no Ceará

Sabendo a importância de fortalecer um elo de solidariedade em cada região que atua, o Instituto Brasil Solidário procura reforçar o conceito “Juntos Construímos” buscando apoio de instituições que agregam a sua missão nessa longa trajetória pela educação. Trabalhar em rede, mantendo assim uma “rede social” do bem com troca de experiências e parcerias, e de forma intersetorial, tem permitido que as ações sigam o modelo de multiplicação e construção do saber dentro e fora do ambiente escolar.

O projeto “Ventos que Transformam” vem sendo desenhado desde julho de 2017 com a Echoenergia e BNDES, e visa trazer aos municípios de Tianguá e Ubajara uma série de ações nos eixos de educação e economia criativa, principalmente, em áreas ligadas ao empreendimento no local.

Outros financiadores privados participam das diversas ações de desenvolvimento, em várias cidades brasileiras. São eles: Palmeirinha Ação Social; Bank of America Merrill Lynch; Machado Meyer Advogados; Overseas; Tecnisa e; Instituto Samuel Klein.

 

SERVIÇO

II ETAPA DE OFICINAS PRÁTICAS – PROJETO VENTOS QUE TRANSFORMAM

 

  • TIANGUÁ 

Oficinas Práticas –  de 15 a 17/05;

Horário: 08 às 18h

Local: Escola Família Agrícola de Ensino Fundamental Antônia Suzete de Olivindo da Silva – Assentamento Valparaíso

 

 

  • UBAJARA

Formação para Guias do Parque Nacional de Ubajara –  14/05;

Horário: 08 às 18h

Local: Sede do Parque Nacional / ICMBIO

 

Seminário de Leitura – 14/05

Horário: 08 às 12h

Local: Escola Humberto Ribeiro Lima

 

Oficinas Práticas –  de 18 a 21/05;

Horário: 08 às 18h

Local: Escola Humberto Ribeiro Lima

 

Mais informações para a imprensa:

Gabriela Martins – Assessora de Comunicação

Telefone: (85) 9 9922-7266

  • Nossas fotos no Flickr Siga-nos no Twitter Curta nossa página no Facebook
Sede Administrativa: Avenida Eduardo Sá, 55 – Centro – Eusébio, Ceará – 61760-000 - Whatsapp. +55 (11) 99104-9063
Todos os direitos reservados. Favus Design For Business.